Procurar

+
Comece e se recuse a parar!

Vamos fazer uma dinâmica? Uma espécie de brincadeira a ser levada a sério?

Abra suas duas mãos e olhe para elas. Na palma da sua mão esquerda, imagine você daqui a 12 meses, exatamente como você gostaria de estar. Como você está vestido? Você está sorrindo? Como é sua postura? Seu peso? O que você está fazendo? Agora, na sua mão direita imagine você também daqui a um ano, porém, exatamente como você está hoje. Nem melhor, nem pior. O que isso causa em você? A vida que imaginou em sua mão esquerda ou em sua mão direita depende de você. Essa vida é só sua. Você a constrói e a curte, ou você a destrói e sobrevive.

O parágrafo acima é um trecho do livro que escrevi: Tenha a vida que você ainda não conhece.

Hoje, trouxe à minha memória, escritas minhas neste livro e percebi que…

Nossa! Mudei tanta coisa na minha vida… Quando fiz essa dinâmica, me imaginei na mão direita tendo uma vida que não está muito distante da que levo hoje. Sim, evoluí… Me desenvolvi em alguns aspectos importantes da minha vida.

Mas nem tudo são flores…

Existem aspectos da minha vida que parece ser mais difícil uma mudança. Certas áreas em que sou mais resistente, digamos assim.

Você se identifica?

Hoje, fiz essa dinâmica novamente, em relação a uma área específica da minha vida.

O que eu tenho a dizer em relação a isso?
  • Que você deve começar quantas vezes você quiser e achar necessário;
  • Que todos têm seus lados mais frágeis, mais vulneráveis ou mais resistentes a mudanças;
  • Que ontem você pode ter arrumado algo em sua vida e hoje pode dar início à mudança que estava faltando.

Bom… lá vou eu mudar algo em minha vida que parece ser bem difícil de mudar.

Mas, quer saber?

Ficar parado entre as pedras dói mais do que caminhar. É mais cansativo e penoso não fazer nada e conviver com a ideia de que você têm todas as condições de superar seja lá o que for e avançar, mas você decide permanecer numa prisão construída por você chamada: difícil. O difícil existe mesmo. O difícil é forte e pode sim te prender. A questão é: você simplesmente aceita que seja assim? Você permanecerá preso ao que é difícil? E ainda: ele consegue ser maior do que aquilo que faz sentido para você?

Se você conseguiu imaginar em sua mão esquerda uma vida que você ainda não conhece, mas que vale a pena viver…. Comece hoje, comece mais uma vez, comece e planeje ações diferentes, comece com um pensamento diferente…

Comece e se recuse a parar!

Ficar parado entre as pedras dói mais do que caminhar.

Um beijo… fiquem com Deus!

Nanda Fernandes

Publicado em:Coaching

Comentários (Sem respostas )

Não há comentários até o momento.

Deixe uma resposta