Procurar

+
Legado: como você deseja ser lembrado?

Se um sonho é grande ou não… Ah, isso é muito relativo. Para mim, sonho grande de verdade… é aquele que ultrapassa a barreira da vida (ou da morte).

Nada, absolutamente nada contra quem luta contra algo e usa o lema: um dia de cada vez. Eu mesma usei. Várias vezes. Inclusive hoje pela manhã! No meu Instagram: #umdiadecadavez para legendar uma refeição pouco calórica! 😀

Algumas coisas precisam ser pensadas assim: fatiadas, datadas, ordenadas. Isso é bom e adequado em muitos casos.

O que me refiro aqui é ao fato de multidões de pessoas estarem vivendo O dia de cada vez.

Outro adendo: Ótimo que se viva o dia muito bem vivido e reparado, admirado, por sinal. Mas não é disso que estou falando.

Voltando ao raciocínio, essas multidões, ainda que no conforto de seus lares, com as suas famílias (e seus celulares), longe fisicamente umas das outras, caminham figuradamente falando em manada. Sem, ao menos, pensarem para onde estão indo.

Longe de mim fazer qualquer ofensa a quem se identificar com esse texto. Eu mesma, volta e meia me identifico. E é bom. Pior são os que acompanham a multidão e nem se dão conta disso.

E qual o problema de viver O dia de cada vez? Problema nenhum para quem deseja viver aqui e acabar sua história por aqui. Para os que gostariam de ser lembrado, deixar um legado, marcar a sua geração e outras gerações, pensar no “hoje” é pouco… muito pouco!

E se você, leitor, está pensando que esse texto está muito subjetivo e está te deixando com sono, vamos à parte bem prática e direta dele. O que é pouco… muito pouco?

Pensar que o que vale é aproveitar… o aqui e o agora. Reclamar de falta de oportunidade. Reclamar se a oportunidade não parece tão boa. Reclamar mais ainda se a oportunidade aparece vestida de problema… Sequer reconhecer uma oportunidade!

E, então, se queixar de governo, crise, família.

Dizer que tem dedo podre, que nunca teve muita sorte no amor.

Dizer que não é muito chegado aos estudos, que leitura é chatice, que é bom dormir até tarde… e dormir.

Que está faltando emprego na sua área ou que o seu chefe não te reconhece.

Que a sua esposa não te entende e que seus filhos não te valorizam.

Que: se cheguei até aqui até que tá bom.

Que: sonhar muito alto não é pra mim. Que é melhor um pássaro na mão do que dois voando. Que quanto maior a altura, maior é a queda.

Que os problemas estão aí… Que a vida é difícil mesmo… Que não tem tempo… Que depende de dinheiro.

Que, que e mais inúmeros ques que justificam seu posicionamento passivo ou sua atitude imediatista em relação à vida.

Os Heróis

Não conheço nenhum herói que deixasse de lutar por dizer que estava cansado. Que o adversário era muito forte… forte demais para ele. Heróis deixam legado, certo? Sim, pense nesses fictícios.

Meu avô e meu filho curtem o Super Homem. Bobagem? Quer um de verdade?

Meu avô e meu filho são fãs de Jesus Cristo. Pense Nele e em pessoas que marcaram gerações. O que elas tinham em comum?

Elas não eram comuns!

Não estou falando de riquezas, de hierarquias ou coisa do tipo. Estou falando de pensamentos, de posicionamentos e de atitudes.

Pensamentos de superação, de força, de abundância, de sucesso, de vitória. Posicionamentos de humildade, de dedicação, de resiliência, de bondade. Atitudes altruístas, louváveis, sacrificadas.

Não, não é fácil deixar um legado. Não, esse texto não é para todo mundo. Aliás, se você permaneceu até aqui, desconfio que o seu Propósito de vida seja lindo! Fico até mesmo curiosa pensando qual seria! Ele deve valer muito para você.

Ser um herói para a sua nação ou a ou o herói da sua família. Deixar sua história registrada em livros, documentários ou contada pelo seu filho para o filho dele… Imagina? Pensarem em você mesmo sem te conhecer?

Não, esse texto não é para todo mundo. Na verdade, poucos pensam em existir depois de morrer. E não estou falando em espiritualidade, como já deu para perceber.

Estou intentando dar uma pista. Os que fazem algo que perdura, não fazem o que faz a maioria. E fazem o que não é feito pela multidão. Pelo que você deseja ser lembrado? Você deseja ser lembrado? Então, o que você precisa começar a fazer?

A pista: quem segue a manada nunca será lembrado. O líder está à frente ou está caminhando ao contrário.

Um beijo… fiquem com Deus!

Nanda Fernandes

Publicado em:Coaching

Comentários (Sem respostas )

Não há comentários até o momento.

Deixe uma resposta