Procurar

+
Lembre-se: o seu passado não foi em vão…

Sim, você tem duas opções:

Sofrer pelo passado ou saber aproveitá-lo!

Sei que parece um pouco simplista falar assim… Como se num estalar de dedos a mágica acontecesse e você conseguisse deixar todo o sofrimento que um trauma pode causar e, ainda por cima, utilizar essa dor em benefício próprio. De fato, não é de repente, de uma hora pra outra, num estalar de dedos que essa transformação acontece. Ao contrário: é um processo! E por isso mesmo, essa transformação é possível!

Você pode (e merece) deixar de sofrer pelo que passou. É claro que somos seres coerentes! Se lembrarmos de algo triste, se sentimos saudades… Certo que sofreremos. Mas é preciso diferenciar o que é pontual e esporádico do que é um estado constante, uma sensação permanente e depressiva.

Hoje eu quero comentar um pouquinho sobre mim.

Por muito tempo me senti uma vítima da minha própria história (sempre digo que um dia escreverei um livro contando “tintim por tintim” da jornada)!!! Na verdade, eu assumi essa posição de vida: vítima, injustiçada.

Passou o tempo… Eu cresci… Mudei de casa… De cidade… De estado. Mas, emocionalmente, eu me encontrava naquele lugar de sofrimento. Na verdade, o contexto de sofrimento é que estava dentro de mim…

Quando entendi meu propósito (em outro artigo poderemos falar melhor sobre o assunto), virei a chave (falando assim, parece rápido… E até que foi, mas ainda assim, foi um processo; um processo rápido, digamos assim), realmente mudei o que eu pensava a meu respeito, a respeito de Deus, da vida e da minha família.

Hoje, penso que nenhum dos meus dias merece ter sido em vão. Se eu sofri antes, agora me resta aproveitar ao máximo esse sofrimento. Tirar proveito do que aconteceu, entende? Para mim e para quem eu puder ajudar!

Nesse exato momento, pessoas sofrem dores parecidas com as quais eu sofri… Talvez, algumas delas estejam lendo este artigo agora. Talvez, uma delas seja você.

Talvez outras pessoas se identifiquem com dores que você tenha sofrido… Com dias que você tenha vivido… E elas, sem saber (e sem você saber), estão procurando por você.

Sim, é possível transformar a dor passada em vantagem atual. Você pode explorar o seu passado. Pode aproveitá-lo!

Em arquitetura, dizem que quando não se é possível esconder ou tirar algo do ambiente, destaca-se o objeto. Aquilo que antes incomodava, agora presta serviço: decora, torna o ambiente diferente, único, peculiar, especial.

Você viveu, sofreu, sorriu. Por isso mesmo, você é assim! A sua história construiu quem você é hoje.

Perdoe o seu passado.
Seja grato pelo seu passado.
Aprenda com seu passado.
Aproveite o seu passado.
Ajude pessoas com seu passado.

Pelo jeito, o tal passado não precisa continuar sendo um peso morto em suas costas. Coloque-o para trabalhar para você. Eu tenho certeza que você já sabe como começar!

Você tem duas opções:

Sofrer pelo passado ou saber aproveitá-lo!

Lembre-se: O seu passado não foi em vão…

 

Um beijo… Fiquem com Deus!

Nanda Fernandes

Publicado em:Coaching

Comentários (Sem respostas )

Não há comentários até o momento.

Deixe uma resposta