Procurar

+
O Jogo Interno do Dinheiro

Olha só que dado interessante: uma pesquisa mostra que 85% dos ganhadores de loteria perdem tudo em um período de 2 a 5 anos. Da mesma forma, a maioria do empresários multimilionários que quebram suas empresas recuperam tudo em 2 a 5 anos.

Isso nos chama a atenção, porque normalmente daríamos o crédito (da falência ou da recuperação) às oportunidades e dificuldades da vida. Mas será que é só isso? Será que esta pesquisa demonstrou apenas uma grande coincidência entre os seus participantes?

Será que não existe algo além dos acontecimentos da vida, e que determinou que a grande maioria destas pessoas que receberam um prêmio em dinheiro seguisse o mesmo caminho, enquanto que uma minoria conseguisse manter a sua riqueza?

A neurociência descobriu que sim, existe algo por trás dessas incríveis “coincidências”. Existe algo que, independentemente de todas as situações externas que acontecem, acaba por determinar a vida financeira de todos nós. É o que eu chamo de JOGO INTERNO DO DINHEIRO.

Esse jogo funciona da seguinte maneira: tudo aquilo que você PENSA sobre o dinheiro DETERMINA os seus resultados financeiros. Isso mesmo!

Sabe aqueles multimilionários que quebraram e recuperaram tudo? Eles sabiam jogar o jogo interno do dinheiro. Eles podem até perder uma partida, mas nunca esquecem as regras do jogo e quando entram em campo novamente, jogam conforme as regras… e vencem!

A forma como você PENSA em relação ao dinheiro, determina o que você SENTE.
A forma que você se SENTE em relação ao dinheiro, determina a forma que você AGE.
E, obviamente, a forma que você AGE em relação às suas finanças, determina os seus RESULTADOS!

Para ficar mais fácil, deixa eu te dar um exemplo:

Se uma pessoa pensa que “dinheiro não é importante”(e isso é quase um ditado popular), ela tem normalmente o sentimento de que o dinheiro serve apenas para sobreviver, para pagar contas ou para comprar coisas e é exatamente dessa forma que ela age.

Agindo assim, a sua vida financeira permanecerá sempre andando em círculos, trabalhando o mês todo apenas para pagar as contas, como uma corrida que nunca sai do lugar.

Mas por outro lado, se uma pessoa entende o real valor do dinheiro e para quê ele realmente serve, ou seja, vê o dinheiro como um meio para ter mais qualidade de vida, mais tempo, mais condições de investir em bons relacionamentos e, principalmente, se ela pensa no dinheiro como um meio para cumprir o seu propósito de vida, as suas ações e os seus resultados serão de acordo com esses pensamentos.
Em qual desses exemplos você quer se encaixar?


O que você tem pensado em relação ao dinheiro? A partir de hoje você já sabe que são esses pensamentos que têm determinado a sua vida financeira.

Pense nisso.

Um abraço e que Deus te abençoe!

Luciano Fernandes

Publicado em:Coaching Financeiro

Comentários (Sem respostas )

Não há comentários até o momento.

Deixe uma resposta