Procurar

+
O que propósito de vida tem a ver com dinheiro

Você já percebeu que algumas pessoas sabem exatamente o que fazer com o seu dinheiro?

Já percebeu que elas são a minoria?

E você sabe que as pessoas que declaram ter encontrado o seu propósito de vida também são minoria?

E o que tem a ver uma coisa com a outra?

São muitas perguntas, eu sei. Mas elas são necessárias para que você entenda para que serve o dinheiro.

A grande maioria das pessoas acredita que o dinheiro serve para comprar coisas. Passam a vida trabalhando duro para ganhar dinheiro e então o utilizam naquilo que acreditam ser a sua função: compram coisas e mais coisas. Aí voltam a trabalhar para ganhar mais dinheiro para então… comprar coisas novamente. E, talvez sem perceber, passam a vida inteira assim.  

Esse tipo de pessoa utiliza o dinheiro como “prêmio de consolação” para a sua sofrida jornada de trabalho. Para identificar pessoas deste grupo, basta ouvi-las dizendo antes de comprar algo: “Eu dei duro o mês inteiro. Eu mereço!”

Outro grupo de pessoas acredita que o dinheiro serve para comprar experiências. Passam a vida trabalhando duro para ganhar dinheiro e também o utilizam naquilo que acreditam ser a sua função: comprar experiências. Eu sei que neste momento você está pensando em viagens como fonte dessas experiências, o que é bem verdade e é muito bom. Na minha opinião, a vantagem da experiência de uma viagem é incomparável com o ato de comprar coisas. Mas também existem outros tipos de experiências, não tão glamourosas, como baladas, álcool, tabaco, drogas, idas compulsivas ao shopping, etc…

E há ainda um terceiro grupo de pessoas (aquela minoria) que utiliza o seu dinheiro de uma forma diferente. Embora elas façam viagens de lazer, você não as vê naqueles outros tipos de experiências. É muito difícil também você encontrá-las empregando o seu dinheiro em compras e mais compras. Compram apenas o que é necessário.

Este grupo de pessoas entendeu o real significado do dinheiro. Uma vez entendido isso, fica muito mais fácil saber onde empregá-lo. Também fica mais fácil, por consequência, saber onde NÃO empregá-lo. Em outras palavras, fica mais fácil dizer não para oportunismos que teimam em aparecer quando temos dinheiro na mão. Para estas pessoas, fica mais fácil não desperdiçar o seu dinheiro. Para estas pessoas, fica mais fácil poupar. Para estas pessoas, fica mais fácil construir riqueza!

Elas já entenderam uma das principais verdades escondidas do dinheiro:

O dinheiro serve para cumprir o seu propósito de vida

Ao colocar o seu dinheiro para patrocinar a sua missão de vida, este seleto grupo de pessoas automaticamente coloca o seu dinheiro a serviço de outras pessoas. Elas não se importam tanto consigo mesmas, mas procuram sempre encontrar a melhor forma de servir.

E sabe qual a mágica que acontece?


Este grupo de pessoas acaba sendo o que mais ganha dinheiro dentre todos os seres humanos!!!

“É dando que se recebe”, não é mesmo?


É nesse grupo que se encontram algumas pessoas que são mundialmente famosas, alguns milionários e filantropos e algumas pessoas que nem tem tanta riqueza financeira assim, mas que possuem todos os 4 pilares da verdadeira riqueza: tempo, liberdade, saúde e bons relacionamentos.

A partir do momento que você entende este conceito – dinheiro como combustível para cumprir o propósito de vida – você passa a respeitar muito mais o dinheiro e assim o acumula mais facilmente. Como bônus, você ainda se torna uma pessoa mais feliz! Legal, não?

Vimos que há vários grupos diferentes de pessoas e seu dinheiro. Em qual grupo você está hoje?

Em qual grupo quer estar amanhã?

 

Um abraço e que Deus te abençoe!

Luciano Fernandes

Publicado em:Coaching Financeiro

Comentários (Sem respostas )

Não há comentários até o momento.

Deixe uma resposta